quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Lançamento e degustação nos dias 30 e 31
BeeBio: mel, polen e própolis
Produtos da colmeia provenientes de Trás-os-Montes, Alto Alentejo e Oeste de Lisboa: mel de Rosmaninho, mel de Trevo, mel de Castanheiro. mel de Melada de Azinho, Polén de Flores e Extracto de Própolis. A BeeBio é uma empresa portuguesa criada em 2012 e certificada pela Sativa desde 2013.
Mel de Rosmaninho
Produto silvestre com origem na floração autóctone de Rosmaninho (Lavandula Stoechas) muito predominante, entre Março e Maio, junto dos nossos apiários localizados no Alto Alentejo.
Com um tom muito claro, possui aroma único e sabor leve.
Um dos Méis mais procurados pela Europa do Norte.

Mel de Trevo
Mel obtido da floração do Trevo Branco Alentejano (Trifolium Arvensis). Trata-se de um tipo de Mel muito suave e fino.
Delicado e aveludado, ela vai encantá-lo com o seu sabor doce e leve.
Considerado por muitos (especialmente por Norte-Americanos) um dos melhores Méis do Mundo.

Mel de Castanheiro 
Mel de montanha, característico das terras altas do Nordeste Transmontando Português, onde temos a sorte de ter vários apiários nos nossos soutos de Castanheiros, onde, durante a sua floração entre Junho e Julho, as nossas Abelhas recolhem este precioso néctar.
Com sabor forte, ligeiramente acidulado e consistência densa, é um Mel único, apresentando um tom muito escuro e ambreado, com aroma e sabor marcantes.

Mel de Melada de Azinho 
Sendo um Mel de Melada é recolhido no final do Verão nas planícies Alentejanas, quando as Azinheiras assim o proporcionam.
É um Mel raro dado que depende das condições climatéricas e do grau de humidade nas flores das Azinheiras para que a melada ocorra e atraia as Abelhas. De tom âmbar tem um aroma e sabor únicos, que para muitos lembra frutos secos.

Extrato de Própolis
O Própolis é o antibiótico natural mais forte que se conhece, é altamente concentrado em flavonoides, substâncias que agem como um antibiótico natural e estimular o sistema imunológico.
Sendo macerado durante vários meses em solução de álcool de cereais, o extrato obtido concentra propriedades únicas na prevenção de infeções respiratórias, dores e inflamações da garganta.
Tido como fortalecedor do sistema imunológico.
Um excelente suplemento alimentar e antibiótico natural que deverá estar sempre presente nos seus Invernos.

Pólen de Flores
É considerado um dos alimentos mais nutritivos da natureza pois é rico em proteínas e contém mais aminoácidos do que o ovo. Possuí também vitaminas do complexo B e enzimas.
Cada colher de chá cheia contém mais de 2.5 bilhões de micro grãos de pólen de flores que as Abelhas recolhem para alimentar a sua criação e para produzirem outro superalimento para as futuras Rainhas Mestras da Colmeia – a Geleia Real.

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

6ªfeira e Sábado, dias 25 e 26
Apresentação e degustação
VINHOS BIO  da Quinta de Maritávora - DOURO


A Empresa
Em meados do Século XIX, José Junqueiro Júnior, pai do poeta Guerra Junqueiro, adquiriu um conjunto de quintas e propriedades no Concelho de Freixo de Espada à Cinta no Douro Superior, cuja grande maioria até hoje se mantém na posse dos seus descendentes directos. Uma velha vinha de castas brancas plantada por este nosso antepassado nos finais do século XIX permanece ainda hoje em produção, dando origem ao Maritávora Grande Reserva Vinhas Velhas Branco.
A produção de vinho ronda as 30.000 garrafas/ano.

As Vinhas
As nossas vinhas estão localizadas no Douro Superior, no concelho de Freixo de Espada-à-Cinta e em pleno Parque Natural do Douro Internacional.
As vinhas, localizadas a uma altitude média de cerca de 500 m em solos xistosos com bastante pedregosidade, ocupam uma área de cerca de 14 ha. As vinhas tintas têm idades entre 20 e 70 anos. A vinha branca que dá origem ao vinho Maritávora Grande Reserva Vinhas Velhas Branco é uma pequena vinha com menos de um hectare que permanece em produção há mais de 100 anos, apesar de outras vinhas que lhe estavam próximas terem sido já arrancadas e replantadas. Este pequeno tesouro foi mantido graças à perseverança e carinho de várias gerações.
O encepamento é baseado em castas típicas do Douro. A vinha não é regada e utiliza-se o sistema de condução Guyot. Os rendimentos são baixos, sendo utilizada monda de cachos. A maioria das operações, desde a poda à vindima, são realizadas manualmente. O respeito pelo meio ambiente é uma constante, desde há décadas. As vinhas da Quinta de Maritávora estão em modo de Agricultura Biológica.

Castas Tintas:
  • Tinta Roriz: 30 %
  • Touriga Franca: 30 %
  • Touriga Nacional: 30 %
  • Outras castas típicas do Douro: 10 %
 Castas Brancas:
  • Códega do Larinho: 30 %
  • Rabigato: 30 %
  • Viosinho: 20
  • Outras castas típicas do Douro: 20 %
Os vinhos
A Quinta de Maritávora produz vinhos Douro DOC, brancos e tintos e uma gama completa de vinhos do Porto.
Jorge Serôdio Borges é, desde 2004, o enólogo responsável pelos vinhos e supervisão da viticultura.

A adega
A adega da Quinta de Maritávora, de construção do século XIX possui lagares de granito onde se vinificam a maioria dos tintos.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

MÚSICA AO VIVO NA MIOSÓTIS
4ªFEIRA, DIA 23, ÀS 18H
ENTRADA LIVRE
Eva Parmenter e Miguel Gelpi

Duo abraçado por um contrabaixo tão profundo quanto alto e por uma concertina temperamental.
Aqui ouvir-se-ão sons do mundo, cujas inspirações podem vir de países de neve como a Suécia ou do calor mediterrâneo da Grécia, não esquecendo as tradições portuguesas reinventadas com amor.

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

NOTÍCIAS DA MIOSOTIS

NOVO ACESSO À MIOSOTIS (até 31 de Agosto)
Por motivo de obras da responsabilidade da CM Lisboa, o acesso à Rua Marquês Sá da Bandeira passa a realizar a partir do Largo de S. Sebastião da Pedreira (sentido inverso) até ao dia 31 de Agosto. Assim sendo para aceder de carro à MIOSOTIS é necessário entrar pelo Largo de S.Sebastião ou pela Av António Augusto Aguiar (no sentido do Marquês para a Praça de Espanha, ou do Alto do Parque Eduardo VII/traseiras do el corte ingles) ou pela R. Latino Coelho. No caso do acesso pela Marquês da Fronteira/Duque d'Avila é necessário contornar todo o quarteirão (virar à direita para a Luis Bivar e depois apanhar a Latino Coelho) até ao Largo de S. Sebastião.
Para qualquer questão podem ligar para o 934 300 665
FRUTAS
FIGOS PINGO DE MEL - começou a época, são deliciosos
UVAS DE MESA - esta semana destacamos as sultanas (sem grainha)
PESSEGOS - variedades tardias
MELOAS, MELÕES E MELANCIAS  - os 3ms que querem dizer VERÃO!
LEGUMES
PIMENTOS VERDES
BERINGELAS
QUIABOS
MILHO DOCE
CORO MIOSOTIS
Vamos criar um coro na MIOSOTIS para todos os que tiverem gostoem cantar em conjunto! Ensaios às 3ªfeiras à noite a partir de 1 de Setembro
Enviar inscrições para filipegirassol@gmail.com ou para biomiosotis@gmail.com

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Queijos BIO em degustação

O Jan Anema, produtor que queijo de vaca em Montemor-o-Novo vai estar na MIOSOTIS esta 6ªfeira e sábado, dias 29 e 30 de Junho, para apresentar e dar a provar os seus queijos. Provenientes de leite das suas vacas, é elaborado com leite crú e com coalho vegetal. Poderá descobrir a diferença entre as várias idades do queijo: desde o mais jovem ao mais velho, bem como conhecer em detalhe tudo sobre o fabrico artesanal de queijo.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Dias 8 e 9 de Maio na MIOSOTIS

BIO 4 apresenta novos produtos: 
sabonetes liquídos e sabonete revestido com lã!
Pequena empresa portuguesa que elabora produtos de higiene e cosmética exclusivamente com ingredientes de produção nacional. Ver em www.bio4natural.pt/
Apresentação de 3 sabonetes líquidos, alfazema, laranja e o original que é a junção de 3 óleos essenciais (alecrim, laranja e limão).
E ainda um sabonete revestido com lã pura e com óleo essencial de lavanda 100% biológica (foto em anexo). A cremosidade e pureza da massa, produzida apenas com ingredientes biológicos, fusionada à textura e suavidade da lã 100% natural, tornam este sabonete um esfoliante e hidratante em simultâneo. Com o tempo e utilização, a lã vai diminuindo ajustando-se naturalmente à dimensão do sabonete. Este sabonete foi desenvolvido em parceria com o Projeto Lhana e tem como propósito dar utilidade à lã de raças de ovelhas autóctones Portuguesas. A filosofia do projeto assenta numa lógica local e artesanal, impulsionando ofícios em desuso com uma fiação manual, a malha e a tecelagem.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

LANÇAMENTO NA MIOSOTIS
Bilha de Barro para água fresca
A bilha de barro freswater é a primeira de uma linha de produtos orgânicos para mesa e cozinha produzidos artesanalmente em olaria, que recupera os benefícios da saudável e ancestral parceria entre o barro e a água.
A natureza alcalina da argila, atua sobre a acidez da água, melhorando-lhe o equilíbrio do pH.
A bilha de barro assegura também, a qualidade única de auto arrefecimento.
A porosidade da argila permite a evaporação da água em todo o seu corpo, promovendo o arrefecimento interior.
Tudo boas razões para conter e servir água em barro!
NOVIDADES
Sal Líquido
Do nosso fornecedor de sal marinho localizado na Reserva Natural de Castro Marim (Algarve) vem-nos esta inovação para vaporizar temperando saladas, pizzas, carnes, peixes, etc. Permite ingerir menos 5 a 10 vezes sódio!
Pizzas vegetarianas e vegan
O Nelson da Natursol (Ferrel) presenteou-nos esta semana com 4 pizzas prontas a consumir. Vegetarianas, com a base preparada a partir de farinhas de centeio e espelta (sem trigo) temos 2 variedades sem queijo (vegan) e 2 variedades com queijo. O resultado final está delicioso!
Legumes em destaque
FEIJÃO VERDE: começou a época, muito tenro, a preço simpático!
ERVILHA DE GRÃO: terminaram as ervilhas tortas, começa a ervilha fresca!
- e ainda as FAVAS e os ESPARGOS VERDES