quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

B A BÁ do Vinho na Miosotis
Uma sessão de 2 horas para quem se quer iniciar na prova de vinhos
Dia 11 de Fevereiro, 4ªfeira, às 18h

Os Goliardos
Os Goliardos dedicam-se desde 2005 a promover o conhecimento e a cultura do vinho autêntico, feito por produtores exigentes e com respeito pelo ambiente e pelo local de origem. Comercializam vinhos de terroir de vários países da Europa, seleccionados a partir de visitas que realizam a todos os produtores com quem trabalham. Têm a sua “garagem” de vinhos em Lisboa, e fazem acções em pontos vários. No dia 11 de Fevereiro estarão no Miosotis!

Como decorre o B-A-BA
A sessão é composta de 2 provas comparativas, a partir das quais os participantes vão aprender o essencial e o básico de como se prova um vinho e quais os seus principais qualificativos. Irão dar a provar vinhos feitos em agricultura biológica disponíveis na Miosotis de forma a ficarem a conhecer as suas características e entender o que significa e implica a produção em biológico do vinho.
participantes
O B A BÁ destina-se a pessoas que considerem partir do zero e que querem aprender a provar um vinho. Cada curso terá entre 8 e 15 participantes, entre os 18 e os 88 anos, para todos os feitios.
objectivos
  • Provar um vinho passando pelas etapas principais
  • Indicar as principais características de um vinho (aspeto, nariz, boca)
  • Vocabulário de base do vinho (corpo, adstringência, aromas, frescura, etc)
  • Vinho em agricultura biológica: características e caderno de encargos
Inclui
Prova de vinhos, sessão animada e pedagógica, alguns petiscos a condizer
Local:MIOSOTIS
preço: 20€.
inscrições
Para a inscrição basta um mail para biomiosotis@gmail.com
A inscrição de cada participante só é considerada efectiva a partir do momento em que o pagamento é feito. No caso de desistência, não serão devolvidos os valores.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Bio-Dry: lançamento e apresentação na MIOSOTIS nos dias 9 e 10 de Janeiro

A Terra Ancestral, marca nacional de produtos naturais e biológicos para saúde animal, humana e ambiente sustentável, tem o prazer de anunciar e disponibilizar o seu produto Bio-Dry na MIOSOTIS, loja de produtos biológicos, em Lisboa.
A partir do dia 10 de Janeiro já poderá adquirir qualquer produto da gama Bio-Dry e beneficiar de um controlo natural de pragas domésticas em casa, jardim e agricultura e de parasitas nos animais domésticos e de produção, respeitando os modos de produção biológica, sem toxicidade para os humanos, animais ou ambiente, prevenindo e controlando de forma eficaz e natural infestações no ambiente e nos animais.
Bio-Dry é uma marca nacional de produtos à base de terra de diatomáceas usados com eficácia no controlo de parasitas internos e externos em animais e seres humanos e no controlo de pragas ambientais em casa, jardim e agricultura.
A terra de diatomáceas é um produto biogénico à base de óxido de silício e outros óxidos inertes, provenientes de microorganismos de plâncton fossilizado, as diatomáceas, e atua sobre as pragas e parasitas promovendo a desidratação dos líquidos fisiológicos internos por ação abrasiva que as micro-espículas das diatomáceas produzem sobre a cutícula dos insetos, artrópodes e outros organismos parasitas, e a consequente desidratação dos mesmos.
Desta forma, a ação biocida do produto é física, não cria resistências por parte do parasita e não apresenta toxicidade para os organismos em que se aplica.
Na realidade, o uso da terra de diatomáceas não se limita à sua ação no controlo de pragas e parasitas, sendo também procurado em grande parte como suplemento alimentar no incremento natural da produção animal (mamíferos e aves) pela sua riqueza em sílicio, um dos principais constituintes estruturais do corpo, e também no suporte a doentes com doenças autoimunes, crónicas e degenerativas, pela sua riqueza e variedade mineral presente nos restantes óxidos inertes, que faz da terra de diatomáceas um excelente produto para a suplementação mineral natural equilibrada e proporcionada às necessidades biológicas dos animais.
A sua ação destoxificante permite-lhe, como terra mineral que é, complexar no aparelho gastrointestinal moléculas tóxicas como metais pesados, piretrinas, entre outras e também neutralizar a ação nociva de algumas toxinas bacterianas por vezes presentes no intestino.
O uso da terra de diatomáceas em agricultura biológica está aprovado pela FDA e pela USDA nos EUA e é usado por toda a Europa em agricultura e produção animal orgânica.

sábado, 20 de dezembro de 2014

Apresentação e Degustação
Vinhos BEYRA e QUINTA do CÔA
Esta 6ªfeira e Sábado, dias 19 e 20 de Dezembro, teremos na MIOSOTIS a apresentação dos vinhos BEYRA, um tinto e um branco, ambos DOC Beira Interior. produzidos pelo Rui Reboredo Madeira.
O tinto é do ano de 2012, da casta Jaen e recebeu medalha de ouro no concurso de vinho da Beira Interior de 2014.
O branco é do ano 2013 com as castas Siria e Fonte Cal.
Estarão também em degustação os vinhos Quinta do Coa do mesmo produtor: o tinto 2008 e o branco 2010, ambos Douro DOC.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Notícias da MIOSOTIS

Muitas novidades a destacar neste fim-de-semana na MIOSOTIS. Tudo produções nacionais e enquadradas na época do ano em que estamos com as festas do Natal e do Ano Novo a aproximarem-se.

PÃES DE NATAL: 2 estreias da MIOLO

- pão de tomate seco, manjericão e amor
- pão de frutos secos e prosperidade

BOLO REI DE CHOCOLATE E AMENDOA: novidade da Natursol
AZEVIAS: de grão-de-bico, farinha de espelta e fritas em óleo de côco, também da Natursol

REBUÇADOS DE PORTALEGRE: uma estreia em BIO, produzidos pelo Casal dos Planetas

SALADA AROMÁTICA da Vitacress: uma mistura de alfaces frisadas verdes e rôxas com coentros

GALO: na sequência dum pedido da MIOSOTIS, a Quinta da Azóia entrega galos esta semana.

SABONETES BIO E ARTESANAIS
: 2 novos da "Tradição do Sabão", mel e mel com aveia

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

QUINTA DAS LAVANDAS: Apresentação e degustaçãoNos dias 28 e 29 de Novembro.
A Quinta das Lavandas (Castelo de Vide) é um projecto familiar, que tem no centro uma plantação de lavandas (angustifolia e intermedia), com cerca de 6 ha, cultivados em modo de podução biológico e que se dedica igualmente à transformação das plantas, em fresco, em óleos essencais e águas florais (possui destilaria própria, com um alambique em aço AISI 316) e em diversos produtos derivados, desde os bouquets de casamento ao artesanato de lavandas (rocas, sacos de cheiro, almofadas térmicas, etc.), ou , com as plantas já secas, produtos alimentares, como a linha infusões à base de lavanda (isolada ou em combinação com outras ervas aromáticas), mel, biscoitos de lavanda.
A Quinta das Lavandas, possui uma unidade de turismo em espaço rural. Vive-se a cultura da Lavanda, nas suas mais diversas possibilidades e aos hóspedes é proporcionado um contacto com esta realidade agro-rural.
http://www.quintadaslavandas.pt

https://www.facebook.com/pages/Quinta-das-Lavandas/350234731714085



terça-feira, 25 de novembro de 2014

Tomatadas... alentejanas!

Novos Produtos na MIOSOTIS
A Ana Carla Gouveia (Ferreira do Alentejo) apresenta duas criações suas, a tomatada e o concentrado de tomate:
"Há vários anos que faço estes dois produtos para consumo cá em casa, e depois na casa de todos os que me visitavam, pois levavam sempre alguns frascos. Toda a gente dizia que era muito boa. E começei a pensar fazer de um modo menos caseiro e para vender.
Assim fizemos uma seara de tomate de 0,2 ha, que produziu mais de 3 ton de tomate. Aluguamos a cozinha da Casa do Povo, falei com algumas senhoras aqui de Ferreira e nos meses de Setembro e Outubro estivemos a fazer tomatada 3 ou 4 tardes por semana.
Depois foi a etiquetagem e agora estamos aqui.
Cada frasco de tomatada tem meio kilo de tomate (em cru) num refogado ligeiro, está pronto a cozinhar, basta pôr na panela com um conduto em cru ( peixe, carne, vegetais, legumes de conserva, pode adicionar água) e cozinhar até estar ao gosto. Ou por em cima duma massa. Ou escalfar um ovo (é deliciosos, e muitas vezes é o meu jantar!)...
Cada frasco de concentrado de tomate tem mais de meio kilo de tomate, cozinhado durante 5 horas. É apenas tomate e azeite e manjericão."

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Notícias da MIOSOTIS

Pão da SalsAlecrim
No sábado o Vitor da SalsAlecrim vai estar na MIOSÓTIS  a apresentar a sua actividade de produção de pão biológico. Poderá degustar os diversos pães: de trigo, de centeio, de espelta e ... de KAMUT. Se ainda não conhece este pão, aproveite para o provar: é delicioso. A padaria da SalsAlecrim é em Palmela junto aos moinhos da Serra do Louro, num local com uma vista fabulosa. Além de que cozem o pão num forno de lenha magnífico com cerca de 3 metros de diâmetro.
BioVivos
O João, produtor dos BioVivos, volta à MIOSÓTIS, desta vez a um sábado, para apresentar a sua actividade e as extraordinárias propriedades dos seus produtos.
www.biovivos.pt
www.facebook.com/biovivos
www.facebook.com/urbangrowportugal

Frutas da época em destaque
KIWIS, ROMÃS e DIOSPIROS
- chegaram os primeiros kiwis da nova colheita, já bem docinhos; provenientes do Minho
- as româs alentejanas estão muito boas
- os diospiros continuam em força, vindos das Caldas da rainha